sexta-feira, 14 de agosto de 2015

Ai que Saudades!

Em pleno Agosto dizer “eu tenho é saudades do Verão” parece ser um bocadinho … como colocar isto de forma diplomática? – hum… parvo, mas adiante, porque provavelmente  a conversa de hoje no Sótão da Gina fala de saudades que vão para além do Verão, ou daquelas pessoas que nunca estão satisfeitas e têm saudades de tudo de ontem e de anteontem, e que passam a vida a dizer “ai que saudades”.

Quem não conhece um bom punhado de pessoas que passam a vida a dizer “ai que saudades”?

Quem não conhece pessoas que passam a vida a dizer “ai que saudades, antigamente é que era isto e aquilo…”?


Ai que Saudades!
Porque será que os portugueses têm assim tantas saudades e especialmente do ontem,  ou do antigamente? Será que os seus ontem foram assim tão bons? Temos as nossas dúvidas.

Diz-se que a palavra saudades só existe no léxico português – mas sabemos que não é bem assim; acontece, é que em alguns outros idiomas é necessário juntar outras palavras como por exemplo em espanhol “te echo de menos”  para dizer que temos saudades de alguém, enquanto que por exemplo em inglês a palavra “longing” e em francês “manquer” já têm o significado  de saudades.

O exagero de dizer que a palavra saudade ou saudades só existe em português é na mesma quantidade utilizado para dizer que se tem saudade disto e daquilo, esquecendo-se do bom ou excelente que tem nesse mesmo momento e à sua frente.

Ai que Saudades!
"Insatisfazível" forma de viver ou apenas ser seres exagerados (?!), nunca conformados com o que têm? Esta maneira de ser e estar faz com que não se aprecie o aqui e agora que se está a viver aproveitando todo o sabor, todo o calor, todo o cheiro, toda a maresia, todo o toque, todo o sentimento, toda a cor, todo o som, todo o ar puro e agradavelmente respirado, inspirando para agruras que a vida por vezes nos lança para ver se tropeçamos ou se sabemos balancear de forma a não cair.

Por aqui no Sótão da Gina apenas temos saudades, de em Agosto, quando se ia jantar a um restaurante com esplanada à beira-mar ao pôr-do-sol , não se dizia “sunset” e para aperitivo pedia-se um gin tónico não sendo necessário dizer mais nada, porque sabia-se de antemão que éramos servidos um gin de uma qualquer boa marca utilizada na casa, com água tónica, um pouco de gelo e uma rodela de limão num copo  alto, ponto final. Nos dias que correm, perguntam-nos se fomos a um “sunset “ e tomámos um gin tónico da marca que se tem de escolher de uma lista de dúzias, com água tónica da marca x, y ou z, e com coisas coloridas a boiar que não sabemos de todo para que servem, dentro de um copo enorme cheio de gelo, que no tal tempo do qual temos saudades, estes, eram os copos onde se degustava vinho tinto, de preferência de excelente qualidade.

Gostos não se discutem, saudades tão pouco, e  tendências de moda muito menos.


Viva o Verão, aproveite todo o pôr-do-sol que se lhe apresente a cada dia,  e brinde com a sua bebida preferida que aqui no Sótão da Gina faremos o mesmo.

Já agora, se gostar dos Expensive Soul, ouça, cante e dance o seu tema "Saudade"


Ler mais »

Subscreva o Sótão da Gina por email para não perder novas actualizações

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...